ATENÇÃO escritórios contábeis NFCe agora é obrigatória!

A nota Fiscal de consumidor eletrônica (NFCe) já é utilizada pela grande maioria do varejo nacional, o documento está sendo implementado de pouco em pouco de acordo com a regra de cada estado. Por esse motivo, existem algumas dúvidas que surgem no caminho do empreendedor.

O objetivo da NFCe é bem simples, substituir o modelo impresso, aquele que era preenchido com caneta e entregue uma parte ao cliente, agora com a NFCe você pode fazer a redução de custos que vamos falar mais abaixo.

Vamos aprender o que é uma NFCe e quais são as vantagens de utilizar esse documento, e o melhor, como lucrar ainda mais com ela!

O que é a Nota Fiscal de consumidor eletrônica?

Ela é uma nota como qualquer outra, que veio para substituir a nota fiscal de modelo 2, muito utilizada pelo varejo brasileiro. A ideia é realmente cortar alguns custos como desperdício de papéis e ajudar no controle da empresa.

Com esse modelo de nota é possível fazer economia com a emissão e transmite mais segurança porque o documento é eletrônico, está armazenado em um dos servidores da SEFAZ.

Com a venda realizada o cliente escolhe entre passar ou não o CPF ou CNPJ para a empresa, dessa maneira possibilita fazer a emissão normalmente para o consumidor.

Após a emissão, o cliente recebe a DANFE-NFCe e pode pesquisar diretamente na SEFAZ com a chave de acesso para verificar as mercadorias adquiridas. Essas informações ficam armazenadas tanto para o cliente como também para o Fisco.

Com esse modelo, o emitente não precisa adquirir uma impressora fiscal para fazer a emissão da sua NFCe, ela é emitida em uma impressora não fiscal (impressoras normais). Se tiver alguma fiscalização, da para fazer a pesquisa diretamente do emissor, ou diretamente com o CNPJ do emitente.

Quais são as vantagens de emitir a NFCe?

Esse modelo de nota possui a mesma validade jurídica dos cupons emitidos pelo Equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF), mas a vantagem que se destaca é ser no formato digital.

Vantagens do empreendedor

A vantagem que o empreendedor tem é manter o seu local legalizado com baixo investimento, porque é necessário apenas o computador e da impressora não fiscal. O custo de uma impressora fiscal fica em torno de R$ 2 a 4 mil reais, portanto o empreendedor faz uma boa economia.

Outra vantagem é que não precisa de fiscalização diretamente nas máquinas por parte da SEFAZ, toda fiscalização é feita dentro dos servidores.

Não é preciso um horário específico para emissão de NFCe, você pode emiti-la em qualquer horário e em qualquer lugar (dependendo se o seu estado já aceitar esse modelo de nota). Sua empresa pode acompanhar a emissão em tempo real.

Vantagens para o consumidor

Não precisa acumular vários cupons fiscais impressos no decorrer do mês, todos eles estão armazenados nos servidores da SEFAZ

Com a emissão de uma NFCe, é possível fazer a consulta com o celular via QR Code para comprovar a sua emissão.

Assim que o consumidor chega no estabelecimento, escolhe o produto e faz a compra, não precisa aguardar fazer todo o cadastro para gerar a nota fiscal, tudo ocorre apenas por parte do emissor gerar a nota e fazer a emissão.

A emissão de NFCe é obrigatória?

Em alguns estado, precisa fazer a emissão da NFCe como modelo de venda para consumidor, mas em alguns estado do Brasil ainda pode encontrar empreendedores emitindo em forma de bloco (papel e caneta)

A região nordeste do Brasil ainda tem a comodidade de fazer a emissão em blocos porque não tem nenhuma regra em ativa, porém a partir do dia 01 de maio esse modelo acaba, e todos os empreendedores vão precisar emitir de forma digital.

Fique atento a sua região, certifique-se com a SEFAZ se já é possível fazer a atualização e adquirir seu código CSC para começar a emissão de NFCe e não fique para trás.

Como o escritório de contabilidade pode lucrar com essa atualização?

Com essa atualização de 01 de maio, todos os contribuintes vão precisar atualizar seus modelos de emissão o mais rápido possível para continuar a emitir suas notas normalmente.

Nesse tempo, será preciso ter uma solução para atender toda essa demanda de contribuintes para que todos eles possam ficar atualizados e não ficar ninguém sem fazer a emissão de sua NFCe.

O FreeNFe em si já atende todo os requisitos acima, mas apenas indicar o sistema não seja tão lucrativo, pensando nisso nós temos o modelo de parceria onde você utiliza nossa tecnologia, mas com sua marca, e você pode disponibilizar para seus clientes.

Você não investe nada inicialmente e pode cobrar o valor que desejar de seus clientes, não perca essa oportunidade para lucrar ainda mais na sua cidade, clique no link abaixo e confira agora

Lucrar com NFCe!

Emissores

Ferramentas gratuitas

Soluções

Av. Pedro Taques, 294, Zona 7, Maringá – PR, 87030-008
CNPJ: 23.903.417/0001-60
2016 • 2024  |  Mapa do site