Como emitir nota fiscal de produto em minutos

Emitir nota fiscal é um dos passos mais importantes para manter sua empresa regularizada com o fisco, e esse processo é bem simples se você tiver as ferramentas certas para a emissão da nota.

Existem vários tipos de notas fiscais que sua empresa pode emitir, então depende muito de qual seria o seu caso para não cometer nenhum tipo de erro durante essa emissão.

Nesse caso é importante ter o acompanhamento de um contador para verificar se todos os passos estão corretos e se a sua nota fiscal sairá de acordo com todas as normas que a SEFAZ precisa.

Mas fique tranquilo pois neste post eu quero te ajudar a entender as notas fiscais e como emiti-las em questão de minutos utilizando as ferramentas corretas.

Como emitir nota fiscal facilmente?

Antes de começar realmente a colocar a mão na massa é interessante verificar se as ferramentas que tem em mãos são as melhores.

Um exemplo é quando um carpinteiro não possui uma enxada boa, talvez o trabalho dele demore mais tempo e até atrapalhe no processo de entrega.

Isso também se aplica aos emissores de notas fiscais, muitos deles têm várias funcionalidades que podem atrapalhar o resultado final que é a emissão da nota em si, e para que isso não seja problema a recomendação é utilizar o FreeNFe.

O FreeNFe vai te ajudar a emitir a sua nota fiscal de maneira simples, efetiva e sem tirar nenhum real do bolso para isso, você pode baixar clicando aqui e utilizar agora mesmo.

Principais tipos de notas fiscais.

Existem vários tipos de notas fiscais que estão em circulação no mercado atual, e cada uma tem sua diferença comparada a outra.

Mas aqui vamos falar apenas de alguns que são mais importantes e estão mais presentes no mercado de nota fiscal e também dos emissores. Não que as outras sejam sem importância, mas depende muito do momento do empreendedor.

Quando o empreendedor abre a sua empresa, dependendo do seu ramo de atuação, o mais provável é que ele emita notas fiscais de venda de mercadorias, é o modelo mais comum e mais utilizado pelos varejistas.

Emitir nota fiscal de venda é basicamente mostrar para a SEFAZ que sua empresa está de acordo e que está dando saída dos produtos vendidos.

Outras notas muito emitidas são de remessa e devolução, elas têm quase a mesma função e o que diferencia é o CFOP e para que tipo de cliente ela está sendo emitida.

Pré-requisitos para emissão

Para emitir nota fiscal é preciso além do sistema, ter um certificado digital que tem possibilidade de assinar a nota fiscal no momento da emissão, ele garante a proteção das transações e também das emissões de documentos fiscais.

Caso não tenha um certificado digital não é possível fazer a emissão da sua nota fiscal justamente por ser um sistema de segurança, se caso ainda não tenha um certificado digital clique aqui e adquira agora!

Como emitir nota fiscal?

Então agora vamos falar da parte prática da emissão e colocar a mão na massa para que essa nota saia sem nenhum tipo de rejeição ou erro no momento da emissão.

Cadastrar cliente

O cadastro do cliente precisa ser feito antes da emissão da nota fiscal em si, é aqui onde você coloca todos os dados de seu cliente que sua NFe será entregue.

É importante que esses dados estejam todos corretos porque no momento da emissão esse cadastro é validado pelos servidores da SEFAZ e se caso tiver algum problema no preenchimento pode aparecer algum erro no envio do seu documento.

Dentro desse cadastro um dos campos mais importante é sobre a inscrição estadual do seu cliente, é ali que algumas das tributações são feitas e inseridas na nota fiscal, um erro de preenchimento neste campo impossibilita a emissão..

Em alguns sistemas esse processo de preenchimento da inscrição estadual é feito automaticamente pelo próprio software e facilita muito o processo de cadastro do novo cliente.

Cadastro do produto

Para emitir nota fiscal é preciso que seja feita a negociação de um produto no meio de todo o processo, e claro para a emissão da nota fiscal não poderia ser diferente, é preciso cadastrar o produto dentro do sistema para que ele seja inserido na nota.

Dentro do cadastro do produto também existem campos que são muito importantes, um deles é o NCM que ajuda também na tributação do produto com base em números e categorias.

O NCM é composto por 8 dígitos e precisa ser colocado também dentro do cadastro do produto para ser enviado na nota fiscal, alguns empreendedores ainda tem dúvidas referente ao preenchimento, portanto se tiver alguma dúvida sobre essa numeração verifique diretamente com seu contador.

Emitindo a nota fiscal 

Após ter feito os dois passos acima e também já ter um sistema de emissão de nota fiscal agora está na hora de montar a nota fiscal e depois fazer o envio da mesma.

Abaixo eu tenho esse processo em vídeo para facilitar, confira!

Como viu no vídeo o processo é bem simples e prático na emissão, primeiro é colocado o CFOP que é um código onde ele informa sobre o que é aquela nota fiscal, se é uma saída ou uma entrada, ou até mesmo uma devolução.

Após colocar o CFOP dentro da nota fiscal, o próximo campo é do cliente, se ele já estiver cadastrado como informado acima é menos um passo para o envio da sua nota fiscal, caso não tenha cadastrado, pode utilizar um botão para fazer o cadastro no momento da emissão.

Depois de inserido o cliente, precisamos colocar qual é a finalidade da nota fiscal que estamos enviando, ou seja se é uma devolução, uma nota normal, uma nota de ajuste ou complementar, e para fins de exemplos vamos utilizar uma finalidade normal.

Agora chegou a vez de inserir o nosso produto cadastrado dentro da nota, é importante dizer que nesse processo muitos empreendedores não chegam a realmente colocar o produto na nota fiscal fazendo ela ficar incorreta, é preciso adicionar o produto utilizando a opção “inserir”.

Agora com cliente e produto e as principais informações colocadas na nota chegou a hora de colocar uma cobrança dentro da nota fiscal, ela é responsável por informar qual o valor que o cliente pagou por aquele produto e se teve algum tipo de desconto ou não.

É importante eu ressaltar aqui, que caso você vá utilizar a opção de cobrança vi boleto bancário, o FreeNFe está pronto e preparado para você fazer a geração destes boletos automaticamente junto com a emissão da notas, ok? Talvez não saiba, mas o sistema oferece o Gerador de Boletos, que é totalmente integrado à emissão da notas. Basta fazer o credenciamento por dentro do próprio sistema, e ao emitir a nota, os seus boletos já serão emitidos também. Ao usar esta opção, além de não pagar nada pelo uso(apenas uma taxa pelos boletos pagos), você ganha um absurdo de tempo, porque não mais precisará enviar arquivos de remessa para os bancos, esta conciliação é automatizada já. Para saber mais sobre o Gerador de Boletos do FreeNFe, basta me chamar aqui pelo link e falar comigo pelo WhatsApp.

Caso queira colocar algum tipo de transporte dentro da sua nota fiscal, pode utilizar uma aba chamada transportes, onde é possível adicionar uma transportadora para levar o seu produto até seu cliente. 

Como todos esses dados concluidos é certo que sua nota não precisa de mais nada para ser enviada, então é só clicar na opção de enviar a nota fiscal e se estiver tudo certo com os preenchimentos a sua nota será emitida e a DANFE aparecerá na sua tela.

O FreeNFe

Todo esse processo foi feito com base no FreeNFe e sua emissão, em outros sistemas talvez a emissão seja mais complexa então vale a pena verificar a emissão dentro do FreeNFe.

Alguns de nossos clientes conseguem fazer o envio da sua nota fiscal em questão de segundos por já ter uma certa agilidade dentro do sistema, se caso fosse um processo complicado talvez isso seria impossível.

Além da emissão simplificada o nosso suporte está aqui para te ajudar em tudo que precisar e tirar todas suas dúvidas na emissão de seu documento fiscal, com toda essa ajuda a sua nota será emitida o mais rápido possível.

Ainda não tem o FreeNFe? Então clique no link abaixo e baixe agora mesmo e comece a emissão das suas notas fiscais!

Acessar FreeNFe

Emissores

Ferramentas gratuitas

Soluções

Av. Pedro Taques, 294, Zona 7, Maringá – PR, 87030-008
CNPJ: 23.903.417/0001-60
2016 • 2024  |  Mapa do site