Principais dúvidas sobre Denegação de NF-e

1 – O que é denegação de NF-e?

A denegação da NF-e é o processo em que a Secretaria de Fazenda denega uma NFe, não autorizando que a operação a que a nota se refere se realize. Os efeitos da denegação da NF-e são bastante parecidos com a rejeição, pois em ambos os casos a operação não pode se realizar. A diferença é que:

  • Na rejeição, o número da nota poderá ser reutilizado, pois é como se a nota nunca tivesse existido. Ela nunca possuiu validade jurídica;
  • Na denegação, o número da nota não pode mais ser utilizado. É como se a nota tivesse tido validade jurídica, mas o Fisco entendeu que ela não está apta a acobertar a operação a que se refere. Assim, se a nota nº 20 foi denegada, a próxima nota a ser autorizada pelo contribuinte é a de nº 21. Outro ponto importante a ser observado é que existe obrigatoriedade de guarda, pelo prazo decadencial, dos arquivos XML das notas denegadas.

2 – Quais as situações em que ocorre a denegação de NF-e?

Conforme previsto no Ajuste SINIEF 07/05 (inciso II e no §9º da Cláusula Sétima), a denegação de uma NF-e pode ocorrer por irregularidade fiscal do emitente ou do destinatário.

São situações da inscrição estadual que ensejam a denegação de uso da NFe:

  • IE. Suspensa;
  • IE. Cancelada;
  • IE. Baixada;
  • IE. Em Processo de Baixa.

3 – Em que momento ocorre a denegação de NF-e?

No momento em que o emissor tenta autorizar a NF-e, o Fisco do emitente fará as verificações usuais do processo de autorização e, somente no momento final, fará a

crítica para saber se a nota é passível ou não de denegação.

Somente ocorrerá a denegação por irregularidade do destinatário se a inscrição estadual do destinatário for informada na NF-e e se o destinatário for Pessoa Jurídica. Se a inscrição não for informada, não ocorre a denegação, pois nesse caso há a presunção de que a operação não é entre contribuintes do ICMS, mas para consumidor final.  

4 – Todos os estados poderão denegar a NF-e por irregularidade do destinatário?

Todos os estados poderão denegar a emissão da NF-e.

5 – Estou irregular. Não poderei adquirir nenhuma mercadoria por meio de NF-e desses estados que estão fazendo a denegação?

Os contribuintes em situação irregular deverão procurar a Secretaria de Fazenda do seu estado para regularizar a situação cadastral.

Somente não é feita a verificação da regularidade do destinatário se a operação for destinada a consumidor final, situação em que deverá ser utilizada a alíquota interna do estado de origem.

6 – A verificação da situação cadastral do destinatário é feita com base em que informações?

Essa verificação é feita com base no par “Inscrição Estadual e CNPJ”. Assim, não basta que a inscrição esteja correta e regular, mas é necessário que o número do CNPJ informado seja o correto, seja o constante no cadastro fiscal. Veja no quadro abaixo as possibilidades de resposta da Secretaria de Fazenda para cada situação:

Possibilidades de resposta da Secretaria de Fazenda

7 – Quais as mensagens de erro previstas para esse novo procedimento de denegação?

  • Erro 233 – Rejeição: IE do destinatário não cadastrado
  • Erro 234 – Rejeição: IE do destinatário não vinculada ao CNPJ
  • Erro 302 – Denegação: IE do destinatário em situação irregular perante o Fisco
  • Erro 205 – Rejeição: NF-e está denegada na base de dados da SEFAZ. Quando ocorre o erro 205, não significa que o destinatário esteja com situação irregular. O problema é que o emitente está tentando autorizar uma NF-e utilizando o número de uma nota que foi anteriormente denegada. Não se pode esquecer: uma vez denegado, o número da nota não pode mais ser reaproveitado.

8 – Como usar o FreeNFe e se precaver destes inconvenientes?

Consultando o cadastro de seu cliente, verá uma opção chamada CONSULTAR CADASTRO SEFAZ, esta, permite fazer uma consulta
e saber se o seu destinatário está apto ao recebimento da NFe.

Também é possível abrir a aba configurações e consultar o seu próprio cadastro, através de um link direto do sintegra estadual.

Não fique de fora, conheça o FreeNFe e emita suas notas de maneira rápida e fácil.

Continue conectado em nossas mídias Sociais.

    Blog FreeNFe  Nosso canal no YouTube  Nosso FanPage no Facebook   Conheça nosso LinkedIn Conheça nosso Google Plus  Conheça nosso Twitter

Emissores

Ferramentas gratuitas

Soluções

Av. Pedro Taques, 294, Zona 7, Maringá – PR, 87030-008
CNPJ: 23.903.417/0001-60
2016 • 2024  |  Mapa do site