MEI agora tem crédito especial aprovado pela Comissão de Finanças.

A Comissão de Finanças e Tributação aprovaram em uma votação o Projeto de Lei nº 940/2015, do Deputado Otávio Leite (PSDB-RJ), que visa a criação de linha de crédito especial, com taxas de juros subsidiadas pelo governo, valor máximo por cliente, prazo mínimo das operações entre outras exigências, buscando estimular a atividade do Microempreendedor Individual (MEI).

O Projeto!
Pela proposta, os operadores de crédito especial para o MEI serão o Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal entre outras instituições financeiras privadas que operem a opção de microcrédito. O Deputado Covatti Filho (PP-RS), relatou a matéria na comissão, apresentou o parecer da adequação financeira, no mérito, pela aprovação.
O apoio financeiro da União fica limitado à respectiva dotação orçamentária fixada do exercício.

Covatti Filho: proposta trará efeitos altamente benéficos para a atuação dos microempreendedores
Covatti Filho: proposta trará efeitos altamente benéficos para a atuação dos microempreendedores

O projeto também trará uma solução para algo que é crítico em nosso pais, entre nossos microempreendedores, onde existia varias dificuldades para empresários do MEI, o difícil acesso as linhas de créditos para financiar suas atividades, sobretudo no estágio inicial. “Ao instituir regras creditícias específicas para a figura do MEI, a proposição contribui de forma consistente para a superação desse importante obstáculo”, avaliou Covatti Filho.

Como está o andamento do Projeto?
O Projeto já foi aprovado pela Comissão de Finanças, e também pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, faltando somente a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, em caráter conclusivo.

Mas não haverá regalias ou facilidades!
O projeto terá alguns requisitos que deverão de ser cumpridos para que tenha acesso ao benefício.

  • A capacitação em gestão financeira.
  • Situação de adimplência em todas as obrigações fiscais e creditícias.
  • A regularidade e situação do registro do MEI junto aos órgãos pertinentes.
  • Cursos de planejamento de empresas.

Os cursos que são solicitados, eles serão oferecidos pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico (Pronatec) ou similar.
Entre os benefícios que o MEI tem direito estão:

  • Cobertura previdenciária para o empreendedor e sua família, com contribuição mensal reduzida (11% do salário mínimo).
  • Isenção de taxa do registro da empresa e concessão de alvará para se formalizar
  • Redução da carga tributária com baixo custo para se formalizar.

Entre outros…

A boa notícias visa melhorar a introdução dos MEIs e também a se manterem no mercado brasileiro, buscando aumentar a economia de nosso pais.

Continue conectado em nossas mídias sociais.

Visite nosso site!   Nosso canal no YouTube  Nosso FanPage no Facebook   Conheça nosso LinkedIn Conheça nosso Instagram

Emissores

Ferramentas gratuitas

Soluções

Av. Pedro Taques, 294, Zona 7, Maringá – PR, 87030-008
CNPJ: 23.903.417/0001-60
2016 • 2024  |  Mapa do site