Rejeição: Consumo Indevido. Saiba como resolver

Consumo indevido, é causado quando ocorre um grande volume de consultas no servidor da SEFAZ em um período muito curto. Neste momento a SEFAZ bloqueia as consultas, retornando a Rejeição 656.

E essa seria a única justificativa aceitável para ter um controle de consumo indevido, onde não há muito o que ser feito.

Algumas empresas chegam a ficar uma hora parados, outros menos, entretanto são poucos os casos em que ficam mais de um dia parado por consumo indevido. Nós acreditamos que, conforme você recebe a rejeição e, a cada reincidência, o tempo de paralisação aumenta, e isso agrava ainda mais a situação.

Para a sua solução, basta aguardar a liberação pela SEFAZ para a autorização das notas.
Recomenda-se aguardar pelo menos 1 hora para a nova consulta.

Se ainda assim retornar a mesma rejeição, será necessário entrar em contato com a SEFAZ.
Veja abaixo as relações das UFs conhecidas até o momento cujas regras de consumo indevido se aplica:

São Paulo

Tempo: 1 requisição a cada 12 minutos
Tipo de Bloqueio: não informado
Contato: Link

Rio de Janeiro

Tempo: 1 requisição a cada 3 minutos
Tipo de Bloqueio:  não informado
Contato: Link

Paraná

Tempo: 1 requisição a cada 3 minutos
Tipo de Bloqueio: Por IP e por nota.
Contato: Link

Mato Grosso

Tempo: 1 requisição a cada 3 minutos
Tipo de Bloqueio: não informado
Contato: Link
Na NT 2012.003, existem informações sobre esta rejeição.

Free NFe , possui uma configuração que elimina o risco de cair nesta rejeição. Não conhece ainda? Clique aqui.

Já utiliza o Free NFe ? Conheça as vantagens da versão completa.

 

Emissores

Ferramentas gratuitas

Soluções

Av. Pedro Taques, 294, Zona 7, Maringá – PR, 87030-008
CNPJ: 23.903.417/0001-60
2016 • 2024  |  Mapa do site