Entenda agora a importância de realizar o inventário de estoque!

Você já teve problemas para organizar os produtos da sua empresa? Evitar desperdícios e manter o abastecimento em dia é um desafio e tanto. Se esse é o seu caso, existe uma boa notícia — o inventário de estoque pode ser a mão na roda que você procura.

Para ajudar com isso, decidimos explicar o que é o inventário, como geri-lo e qual é a melhor forma de organizar os produtos. A única coisa que você precisará fazer é continuar o texto com a gente. Vamos lá?

O que é inventário de estoque?

O inventário de estoque é a lista, contabilização, identificação e classificação de toda mercadoria que se encontra armazenada — revelando o que está em falta, danificado ou já passou da validade.

Isso não é só uma medida de organização. Os inventários são regulados pelo Conselho Federal de Contabilidade, o qual indica um Registro de Inventário como livro obrigatório para todas as empresas.

A frequência de sua escrituração dependerá do regime tributário da sua empresa, seja no final do ano, seja a cada trimestre. A principal vantagem do inventário é a anotação do volume de cada produto.

Como fazer a gestão do inventário de estoque?

A boa gestão do inventário de estoque reduz custos e identifica desperdícios desnecessários. Isso vem do monitoramento e da análise de tudo o que sua equipe tem à disposição, como você verá a seguir.

Treine os funcionários

Não é só você que terá contato com o estoque. Boa parte dos colaboradores lida com as mercadorias armazenadas no dia a dia. Sem uma equipe treinada, os esforços para organizar a entrada e a saída dos produtos podem cair por terra.

Fique de olho nos tipos de estoque

As mercadorias não são uma coisa só. O ideal é fazer a separação do estoque em vários tipos, como permanente, temporário, mínimo, fim específico, renovação periódica e valor monetário e físico.

Como fazer um inventário de forma eficiente?

Um bom inventário relaciona, de forma completa, todos os produtos armazenados, identificando excessos, extravios e perdas. A seguir, listamos as coisas mais importantes às quais devemos atentar na hora da elaboração.

Identifique a rotatividade do estoque

Qual é o seu giro de estoque? Com que frequência os materiais precisam ser repostos? As respostas para essas perguntas são importantíssimas e ajudarão muito na hora de elaborar o inventário.

Importe as notas fiscais

Se você tiver acesso a um bom software de emissão, pode encontrar, com facilidade, as notas fiscais emitidas na empresa. Basta fazer as relações para preencher os produtos, as unidades, as quantidades, os custos e os valores totais.

Todo mundo sofre um pouco com desorganização, não é? Como você viu no texto, o inventário de estoque é uma boa solução para esse tipo de transtorno e ainda ajuda a empresa a evitar problemas contábeis. Não se esqueça de que o controle de estoque só funciona se você cuidar da emissão de notas fiscais da sua empresa. Afinal, esses são os documentos que comprovam cada transação feita e venda efetuada.

E você? O que acha de começar a organizar as mercadorias armazenadas contando com um software com funcionalidades específicas para controle de estoque? Então, não deixe de entrar em contato com a gente!

Emissores

Ferramentas gratuitas

Soluções

Av. Pedro Taques, 294, Zona 7, Maringá – PR, 87030-008
CNPJ: 23.903.417/0001-60
2016 • 2024  |  Mapa do site