Quer vender mais no balcão? Veja o que o PDV pode fazer por você

Quer vender mais e transformar a experiência de compra de seus clientes no balcão? Neste post vamos te mostrar o passo a passo completo.

O PDV faz o papel de entrega da marca, quanto mais tempo o consumidor permanecer comprando, maior é a chance do consumidor vir a efetuar cada vez mais compras, indicar
e reforçar os laços afetivos com a marca. Por isso é importante criar ambientes propositalmente que afetem as atitudes dos consumidores e promovam a venda. 

As as quatro funções básicas necessárias no PDV para vender mais são:

  1. Leitura de itens: Se faz necessário a utilização de dispositivos de entrada de informação para o software, leitor de código de barras, balança, teclado, mouse etc. Essa é a parte onde é passada os produtos e itens, eles vão estar listados no software e a partir desse passo que se dá o segundo;
  1. Totalizador de itens: já foi definido o produto que vai ser comprado, já passou no leitor ou na balança ou no uso do dispositivo de entrada, a partir daqui o software consegue adicionar informações adicionais, como por exemplo: promoções, descontos, acréscimo de valores entre outros. 
  1. Finalizar a venda: o próprio nome já diz qual é a funcionalidade, finalizar a venda dos itens que foram passados e das informações adicionais. 
  1. Emissão do cupom:  o último passo é gerar o cupom com as informações do estabelecimento e do cliente e dos itens, isso vai variar de estado para estado, pois existe lugares onde ainda emite NFCe e lugares que emite o cupom fiscal como é o caso de Santa Catarina. 

Tem como objetivo principal otimizar o seu atendimento. O sistema faz isso a partir da automação dos processos, especialmente na hora de processar o pagamento dos clientes. Além disso, o sistema PDV centraliza informações relevantes sobre a operação da empresa.

Desse modo, além de facilitar o ato do atendimento, o sistema PDV também auxilia o gestor do negócio a analisar dados e resultados, possibilitando uma melhor tomada de decisão.

Hoje existem dois tipos de PDV
são eles: 

Fixo

O sistema PDV fixo é baseado em um servidor local. Ou seja trata-se de todo conjunto de equipamentos (caixa registradora, impressora de recibos, leitor de código de barras, computador desktop, máquina de cartão) utilizado para processar as compras e realizar os pagamentos.

Eles costumam ser mais utilizados por grandes varejos e empresas, já que o investimento é maior, bem como a necessidade de infraestrutura. Desde a virada do milênio, nos anos 2000, que o cenário mudou e o surgimento da tecnologia na nuvem possibilitou o surgimento de uma nova ferramenta.

Móvel

Os sistemas PDVs móveis são baseados na nuvem e podem ser acessados a partir de dispositivos móveis, conectarem-se a outros dispositivos (como impressoras de recibos) via bluetooth, bem como utilizar WiFi para se integrar ao sistema da loja. Assim, permitem que os varejistas gerenciam todo o seu negócio a partir de qualquer dispositivo, a qualquer hora. Os PDVs móveis dão mais flexibilidade ao atendimento.

O que fazer então para vender mais usando o PDV?

Analise as necessidades da sua empresa

Cada vez mais existem diferentes opções de sistemas do tipo no mercado. Alguns mais simples e limitados, outros robustos e repletos de funcionalidades, com preços acessíveis para todo tipo de empresa. 

Se você gestor, realmente deseja obter excelência em todos os processos empresariais e realmente vender mais para conquistar um espaço de destaque no mercado, dê atenção à eficiência desse sistema. Os clientes, com certeza, agradecem!

Mais agilidade nos processos

Procure software que forneça inteligência fiscal e que otimize sua relação com a gestão de tributos da empresa, te fazendo ganhar tempo para cuidar do que mais importa para você. 

A agilidade nos processos é fator chave para o ganho de produtividade e manutenção de uma rotina ágil de trabalho, de modo que a empresa possa atender aos seus prazos e compromissos, gerando valor para gestores, colaboradores e clientes.

Contrate um contador

A contabilidade fiscal também é chamada de contabilidade tributária em razão da sua função principal, que é o gerenciamento do pagamento de tributos de uma empresa. Dessa forma, o contador fiscal realiza um controle completo de todo o patrimônio da empresa, incluindo apuração de lucros e registro de tributos.

Controle de estoque 

Você sabia que um estoque mal administrado é responsável por muitas falências de empresas de todo o tipo de porte? Pode ter certeza que uma má gestão no estoque irá gerar grandes prejuízos pro seu negócio.

Basicamente é saber a quantidade ideal de cada item do seu estoque. E assim, controlar toda a movimentação de produtos e matérias primas do seu negócio. Bem como gerir suas entradas e saídas.

Emissão de nota pelo PDV

Por que é tão importante emitir NFCe? Para regularizar todos os tributos ao Fisco, além de manter a credibilidade do seu negócio. Em outras palavras, esse documento certifica que as mercadorias são legalizadas e registradas. Então, a emissão da nota fiscal é uma vantagem tanto para o consumidor quanto para o empresário. São vários benefícios ressaltando: 

  • diminuição de custos com impressão;
  • diminuição de custos com envio;
  • aumento no espaço de armazenagem de documentos;
  • simplificação e redução de custo dos processos;
  • otimização do tempo;
  • aumento da segurança e sigilo de dados;
  • incentivo de novas tecnologias (emissor de nota fiscal).
  • garantia de troca ou devolução do produto adquirido.
  • incentivo do comércio eletrônico;
  • diminuição dos impactos ambientais;
  • probabilidade de novos negócios relacionados à emissão de nota fiscal.

Conte com o apoio do suporte técnico 

Contar com um suporte técnico que te dê apoio, compreensão com sua necessidade é extremamente importante. Um serviço de alto nível depende do apoio de profissionais técnicos qualificados.

Essa é uma das principais características do suporte técnico de excelência. Quando os profissionais de suporte têm total domínio sobre as tecnologias contratadas, mesmo os problemas mais complexos podem ser resolvidos com facilidade. 

Os técnicos especializados, por acompanhar as ocorrências dos clientes e ter registros detalhados de erros, sabem o que precisa ser feito. Com isso, você e sua equipe podem focar no que é mais importante.

Quanto custa um PDV? 

Faz parte da estratégia de atrair o consumidor, para que ele conheça o produto e depois compre. Só que o ponto de venda sofreu várias transformações, em função dessa era digital que estamos vivendo.

Então a pessoa faz a mesma coisa que fazia antigamente na loja física e faz agora na internet, no meio digital. No meio digital ela consegue outros diversos recursos como a conveniência, informações sobre o produto mais precisa, a facilidade de estar onde a pessoa quiser, pronta entrega.

Portanto o ponto de venda físico teve que se reinventar para entrar nesse modelo de negócio e omnichannel de multicanais e conseguir ser relevante, fazer sentido e ser importante. Um ponto estratégico que constrói uma conexão com o consumidor junto com essa marca. 

O ponto de venda hoje funciona para informação do produto, oferta de experiência, um relacionamento da marca com o consumidor, socialização, entretenimento, essa interação, ofertas de serviços, enfim, é pra entrega de soluções para o consumidor. Portanto o PDV tem diversas funções além dessas de expor e vender os produtos. 

O tradicional ponto de venda (PDV) foi transformado para se adaptar à cultura digital do mercado. Os consumidores mais informados e exigentes não aceitarão as dificuldades e atritos do processo de compra.

Devido à conveniência de acesso às informações e transações, o e-commerce tem se mostrado eficaz. No entanto, ele precisa de lojas físicas que proporcionem ao consumidor uma experiência completa, em contato com a marca, objetivo e produto, para garantir excelência e satisfação. Nesse contexto, o novo varejo baseia-se na integração de canais de vendas online e off-line, denominados omnichannel

O PDV também evoluiu para essa nova relação de consumo, passou a se chamar PDX, se chama Index Store. É um termo cunhado pela GS & Associados que se refere ao ponto onde tudo deve acontecer. É uma marca que expõe seus produtos e realiza.

O objetivo do espaço físico é proporcionar uma experiência de consumo relacionada à sua essência. O novo PDV oferece serviços relacionados à marca, educação, informação, entretenimento, soluções, relacionamento, interação com o produto e emoções. As vendas podem ou não ocorrer lá. Esse movimento mudou completamente o conceito de loja, onde apenas apelo de produto, ofertas e promoções, e relacionamento com os consumidores.

As novas formas de consumo geradas pelos avanços digitais incorporam novas funções e atividades às lojas físicas, que se tornam mais relevantes para o processo de compra. Seus elementos, funções, interação digital, display, design de interiores e móveis, ambiente e marketing visual passam a ser a base para a vivência.

Além disso, a equipe de atendimento deve estar mais alinhada com o propósito da marca e representar sua essência, e deve incentivar consumidores para estabelecer contato com a marca e fornecer informações consistentes.

Você está precisando de um PDV?
O FreeNFe tem uma ótima opção para você clique no link abaixo e confira.

Conhecer PDV

Emissores

Ferramentas gratuitas

Soluções

Av. Pedro Taques, 294, Zona 7, Maringá – PR, 87030-008
CNPJ: 23.903.417/0001-60
2016 • 2024  |  Mapa do site